Os desconfortos da existência

Um dos livros mais conhecidos de Sigmund Freud, criador da Psicanálise, é “Mal-estar na civilização” ou, em bom alemão, “Das Unbehagen in der Kultur”. Se evoco aqui o título da obra no idioma original não é para ostentar erudição ou por qualquer outro vício narcísico dessa ordem. Meu intuito é apenas o de salientar que a expressão que Freud utiliza para nomear o livro pode ser traduzida de outras maneiras que representam diferentes interpretações do texto. Uma tradução que já se consagrou no Brasil, sobretudo em função da influência do pensamento do psicanalista francês Jacques Lacan, opta pelo termo “cultura” para a tradução de “Kultur” ao invés de “civilização”. Quem prefere essa tradução geralmente o faz por pretender destacar que o mal-estar de que fala Freud não deriva de certo arranjo civilizacional específico, mas é inerente à existência humana na medida em que esta seria marcada intrinsecamente pelo domínio da cultura sobre a natureza.

Curiosamente, não conheço nenhum autor que tenha advogado uma tradução diferente para a palavra “Unbehagen”. Aparentemente, todos se sentem muito satisfeitos com o termo “mal-estar”. De minha parte, vejo um problema nessa expressão. Normalmente, quando dizemos que estamos com um “mal-estar”, trata-se de uma indisposição física, quase sempre correspondente a um estado de náusea, febre ou enjoo. Penso, portanto, que mal-estar tem uma conotação médica bastante destacada que pode acabar obscurecendo o fato de que o “mal-estar” de que fala Freud é uma experiência eminentemente psicológica. Além disso, a expressão “mal-estar” pode nos levar a pensar equivocadamente (do meu ponto de vista) que a condição humana é necessariamente ruim. Afinal, o termo “mal” expressa um juízo de valor. Se formos levar o termo ao pé da letra, diríamos que o ser humano estaria fadado a estar mal.

Continue lendo este texto aqui .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s