[Vídeo] Reconheça quando a culpa é do outro, mas responsabilize-se pela mudança

É inegável que os problemas emocionais de uma pessoa que foi criada por pais abusivos, por exemplo, muito provavelmente serão uma resposta a esse contexto infantil desfavorável. Nesse sentido, é muito importante do ponto de vista terapêutico que essa pessoa seja capaz, sim, de reconhecer que o adoecimento NÃO É CULPA SUA. Por outro lado, esse é apenas o primeiro passo no processo de mudança…


Participe, por apenas R$39,99 por mês, da CONFRARIA ANALÍTICA, uma comunidade exclusiva, com aulas semanais ao vivo comigo, para quem deseja estudar Psicanálise de forma séria, rigorosa e profunda.

➤ Adquira o meu ebook “Psicanálise em Humanês: 16 conceitos psicanalíticos cruciais explicados de maneira fácil, clara e didática”

➤ Adquira o meu ebook “O que um psicanalista faz?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s