Transferência, em Psicanálise, é mexer com quem tá quieto.

Transferência (Überträgung, em alemão) foi o termo que Sigmund Freud escolheu para nomear um fenômeno que observou acontecer com todos os seus pacientes durante o tratamento psicanalítico.

Que fenômeno, Lucas? Vou descrevê-lo abaixo para você:

Freud observou que, em muitos momentos, seus pacientes manifestavam certas reações emocionais, expectativas e impressões em relação a ele que pareciam à primeira vista incompreensíveis…

Com efeito, o médico se posicionava diante dos pacientes de modo neutro, sem julgamentos, contendo suas próprias reações emocionais. Por isso, num primeiro momento, lhe pareceu muito estranho ouvir de um analisando que ele estava sendo muito severo e exigente ou receber de outra paciente a proposta de abandonarem o tratamento e usarem o divã para fazer amor.

De onde vinha isso, pensava Freud, se, na realidade, ele não havia sido de fato severo com o primeiro paciente nem dado qualquer indício para a segunda de que estaria sexualmente interessado por ela?

O conceito de transferência nasceu para responder perguntas como essa. Como o excelente observador que era, Freud verificou que aquelas impressões, reações e desejos que os pacientes direcionavam a ele eram, na verdade, TRANSFERIDOS de relações com OUTRAS PESSOAS do passado.

De fato, o analisando que começou a achar que Freud estava sendo duro e exigente consigo pensava exatamente a mesma coisa de sua mãe quando era criança. Da mesma forma, a paciente que começara a fazer propostas de amor ao médico havia desenvolvido fantasias semelhantes em relação ao seu pai na fase do complexo de Édipo.

Conclusão de Freud: ao se colocar de forma neutra e contida, o analista estimula o paciente a inconscientemente TRANSFERIR para a relação terapêutica expectativas, impressões, desejos e fantasias que originalmente estavam direcionados a outras pessoas.

Você já conhecia o conceito de transferência em Psicanálise?

O texto te ajudou a ter uma compreensão mais clara dele?

Você já observou a presença desse fenômeno na sua experiência clínica, seja como paciente ou como terapeuta?


Participe, por apenas R$39,99 por mês, da CONFRARIA ANALÍTICA, uma comunidade exclusiva, com aulas semanais ao vivo comigo, para quem deseja estudar Psicanálise de forma séria, rigorosa e profunda.

➤ Adquira o meu ebook “Psicanálise em Humanês: 16 conceitos psicanalíticos cruciais explicados de maneira fácil, clara e didática”

➤ Adquira o meu ebook “O que um psicanalista faz?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s