O que é inconsciente coletivo? (parte 2)

alquimiaNo último post,vimos que Jung resolve criar o conceito de Inconsciente Coletivo pra dar conta de entender o paralelo existente entre os sonhos, delírios e fantasias de seus pacientes e os mitos, fábulas e lendas da humanidade.

Vamos seguir, então, com a lógica do pensamento de Jung: se os conteúdos que brotam do inconsciente coletivo (sonhos, delíros e fantasias parecidos com mitos, lendas e fábulas) não foram aprendidos pela pessoa durante sua vida, de onde eles vêm? A única resposta possível é: do DNA,eles serão hereditários. E se o sonho de um paciente alemão é parecido com um mito típico da África, logo devemos supor que tanto o alemão quanto o povo africano compartilham de uma mesma estrutura psíquica, concordam? Então, essa estrutura psíquica compartilhada por toda a humanidade é que é o Inconsciente Coletivo!

Mas do que o Inconsciente Coletivo é composto? Sim, porque o inconsciente de Freud contém os pensamentos e fantasias que foram recalcados pela pessoa. E o Inconsciente Coletivo? Segundo Jung, o Inconsciente Coletivo é composto de formas. Sim, formas. Pense aí nessas pequenas forminhas que se usa para fazer salgados. Existe a forma para coxinha, para pastel, para empada, etc. Mas um detalhe: mesmo que você coloque no lugar da massa dos salgados, barro, por exemplo, ele vai sair na forma de: coxinha, pastel, empada etc. Ou seja, o conteúdo pode variar mas a forma não. Da mesma forma acontece no Inconsciente Coletivo. Ele possui formas que organizam a nossa experiência no dia-a-dia. Essas formas Jung chamou de arquétipos (do grego, algo como “modelos primários”).

Mas quais e quantas são essas formas? Muitas! São quantas forem as experiências típicas da vida. E com experiências típicas quero dizer: o nascimento, a morte, o enamoramento, a velhice, a infância, etc. Para cada uma dessas situações existe um arquétipo. Por isso que nossos sonhos, fantasias e delírios não são idênticos aos mitos, lendas e fábulas, mas são só parecidos. Porque o arquétipo só dá a forma, o modelo da situação. Mas o conteúdo, os detalhes, esses serão preenchidos com as nossas experiências.

Mas o Inconsciente Coletivo não é apenas esse conjunto de forminhas onde a gente vai colocar e organizar as nossas experiências. Não! Sabe por quê? Por que essas forminhas estão vivas… Mas isso é assunto pro próximo post…

OBS.: SE ALGUM CONTEÚDO NÃO FOI BEM EXPLICADO, UTILIZE ESSE FABULOSO RECURSO CHAMADO “COMENTÁRIOS” E FAÇA SUA PERGUNTA. TEREI PRAZER EM RESPONDER.

Anúncios

3 comentários sobre “O que é inconsciente coletivo? (parte 2)

  1. olá!
    Na verdade, estou curiosa para o assunto do próximo post…
    Entrei aqui com a finalidade de entender o Inconsciente coletivo tratado por Jung. Confesso que fiquei ainda sem entender, mas creio que será necessário uma leitura mais extensa, inclusive como os propósitos do próximo post…
    Não demore, por favor, estou curiosa!

  2. “de onde eles vêm? A única resposta possível é: do DNA, eles serão hereditários”…
    Hehe, só se for de um “DNA psíquico”… Creio que há inúmeras outras respostas para isso, especialmente se considerarmos a possibilidade de o corpo ser uma manifestação da Mente (daquilo que os hindus chamam de Maha Mahat, a Mente Cósmica).

  3. Olá Bruno!
    Obrigado por comentar!
    Não descarte tão rapidamente a possibilidade de conteúdos simbólicos serem veiculados via DNA. Essa é a hipótese do Jung e a investigação acerca dos níveis quânticos da matéria estão a cada dia borrando mais a fronteira do psíquico e do corpóreo que todo bom analista sabe que é uma mera arbitrariedade.
    Um abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s