Inventamos teorias conspiratórias quando não conseguimos suportar as surpresas eacasos da vida.

Na última terça-feira, Grêmio e Flamengo jogaram pelo Campeonato Brasileiro.

O time gaúcho chegou a estar perdendo por 2 a 0 já no segundo tempo, mas conseguiu o empate e, por pouco, não virou o jogo.

Detalhes importantes que você, que porventura não acompanha futebol, precisa saber:

(1) O Flamengo está em segundo lugar no Brasileirão e, se vencesse a partida, poderia continuar sonhando com o título, pois diminuiria sua distância para o primeiro colocado, o Atlético-MG, que empatou com o Palmeiras naquela mesma terça-feira.

(2) O Grêmio está na zona de rebaixamento e, caso perdesse, dificilmente teria chance de escapar de mais uma ida para a Série B. Com o empate, o risco continua muito grande, mas ainda resta alguma esperança para os gaúchos.

(3) Renato Gaúcho, técnico do Flamengo, antes de chegar ao Rio de Janeiro em julho, foi treinador do Grêmio durante alguns anos. Além disso, como jogador, Renato foi um dos maiores ídolos da torcida gremista e nunca negou seu amor pelo tricolor gaúcho.

Pois bem!

Após o jogo, começaram a circular nas redes sociais uma série de imagens de Renato conversando à beira do campo com jogadores do Grêmio e comemorando muito timidamente os gols do Flamengo.

O objetivo da divulgação desses vídeos era o de sustentar uma teoria completamente insana:

A de que o técnico do Flamengo, um profissional cujo time tem chances de ser campeão brasileiro pela terceira vez seguida, não queria que sua equipe vencesse e pediu para os jogadores recuarem, pois não gostaria de contribuir para o rebaixamento do seu time do coração.

O surgimento dessa teoria da conspiração me fez pensar na dificuldade enorme que nós temos de reconhecer que a realidade, diferentemente das narrativas literárias e cinematográficas, é frequentemente aleatória, confusa e… chata.

É muito mais fácil suportar o fato de seu time ter deixado escapar uma vitória de 2 a 0 imaginando um cenário fantasioso, digno de Hollywood, em que o seu treinador prejudica a própria equipe em nome do amor por outro clube.

Será que você também tem criado teorias conspiratórias fantásticas para lidar com as questões incompreensíveis de sua história?


Participe, por apenas R$39,99 por mês, da CONFRARIA ANALÍTICA, uma comunidade exclusiva, com aulas semanais ao vivo comigo, para quem deseja estudar Psicanálise de forma séria, rigorosa e profunda.

➤ Adquira o meu ebook “Psicanálise em Humanês: 16 conceitos psicanalíticos cruciais explicados de maneira fácil, clara e didática”

➤ Adquira o meu ebook “O que um psicanalista faz?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s