Affectus #002 – Depressão: a retranca da vida

Affectus é meu novo projeto audiovisual. Trata-se de uma série de vídeos em que discuto temas ligados diretamente à clínica sobretudo as dificuldades e problemas emocionais que atualmente se apresentam com maior frequência em nossos consultórios.

Neste segundo episódio abordo a depressão a partir de um ponto de vista não-medicalizante, ou seja, que não encara a depressão como uma doença, mas sim como uma posição subjetiva. Utilizando uma analogia com o esporte mais popular do Brasil, o futebol, busco demonstrar no vídeo que a depressão é uma defesa empregada por determinados indivíduos para lidar com certos tapas na cara que a vida lhes dá.

Anúncios

3 comentários sobre “Affectus #002 – Depressão: a retranca da vida

  1. Lucas, faz todo sentido. Pelo menos pra mim fez muito sentido. Talvez minhas perdas na infância me gerou um medo de “pular para a vida” e vivê-la plenamente. Viver na retranca pode ser um meio de se defender dos “perigos de viver”. Vivendo na retranca com medo da vida e vendo os outros se desenvolverem gera uma hecatombe de frustração e não há ser vivo no Universo que não se deprima. Grande abraço!

  2. Exatamente, Alisson. A condição afetiva do deprimido se torna ainda mais carregada de sofrimento quando à “retranca” melancólica se soma a comparação com o suposto estado de “felicidade” do outro.

    Um forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s