[Vídeo] Psicossomática e Psicanálise I: Joyce McDougall

Caríssimos, o vídeo abaixo é meu passaporte para a era dos vídeos online. Em tempos de Twitter e seus 140 caracteres, cada vez menos gente consegue se concentrar nem que seja por apenas 10 minutos para ler um texto de 2 ou 3 páginas na internet, o que torna o vídeo a mídia por excelência de disseminação de conteúdo no mundo virtual atualmente.

Por essa razão, pretendo, a partir desta semana sempre que possível produzir um vídeo para cada post que eu vier a publicar aqui no blog. Assim, os da velha guarda (como eu – e muitos) que têm paciência para ler os textos poderão fazê-lo normalmente e aqueles que porventura não queiram ler ou aprendem melhor ouvindo terão acesso à mesma informação (ainda que um pouco mais sintetizada por razões intrínsecas à produção de um vídeo online).

O vídeo abaixo tem como texto de referência o post que publiquei nesta semana iniciando a série “Psicossomática e Psicanálise”. Espero que gostem! Mas não deixem de fazer críticas e sugestões para que os próximos vídeos sejam cada vez mais aprimorados.

12 comentários sobre “[Vídeo] Psicossomática e Psicanálise I: Joyce McDougall

  1. Alisson

    Grande Lucas,

    Formidável esse idéia de postar vídeos no blog. Pena que algumas pessoas não tem paciência de ler textos grandes. O vídeo ficou 100%. Se você conseguisse melhorar um pouquinho mais o som fica fenomenal (ou talvez seja minha caixa de som que tá ruim).

    Grande abraço!

    Curtir

  2. Lucas Nápoli

    Olá Alisson! Muito obrigado pelo feedback! Não é sua caixa de som não, pode ficar tranquilo. rsrsrs Vou tentar melhorar o som cada vez mais!

    Um grande abraço!

    Curtir

  3. analisante

    Conheço mutio pouco da autora, mas a explicação realmente está muito boa… Parabéns e um abraço

    Curtir

  4. Isis

    Olá Lucas! Passeando pela internet encotrei seu blog por um acaso. Ainda bem! Adorei a forma descontraída com que vc explica conceitos chave de psicanálise. Sempre pensei em aulas de psicanálise com vídeos de animação. Imagine uma animação do complexo de Édipo?! rsrs. Acho que seria mais fácil. rsrs. Os exemplos são imprescindíveis. Espero que vc tenha muito tempo para se dedicar ao blog e dividir seu conhecimento com seus admiradores. Parabéns! Muito sucesso na sua carreira.

    Curtir

  5. Lucas Nápoli

    Olá Isis! Que ótimo que você gostou! Fico muito feliz. É verdade: vídeos explicando conceitos da psicanálise com animação certamente fariam muito sucesso! É uma boa idéia! Eu também espero ter tempo para me dedicar ao blog. Acho que entramos definitivamente na era do vídeo online. Essa é uma plataforma excelente de transmissão de conhecimento. espero poder fazer o melhor uso possível dela.
    Um forte abraço e apareça sempre por aqui!

    Curtir

  6. maria inês Gomes Costa

    oi lucas. Sou psicóloga e dedico meus estudos a psicanálise. Atualmente faço parte de um grupo de estudos em corumbá ms “quintas com lacan” . Quero parabenizá-lo por seu blog. , textos e videos. Conhecer mais o saber psicanlítico é gratificante. Obrigada por esta oportunidade. Maria Inês

    Curtir

  7. Ashjan Sadique Adi

    Olá Lucas, saudações! Meu nome é Ashjan Sadique Adi e fazendo uma pesquisa no Google sobre Mcdougall para minhas aula, algo me chamou a atenção (Quintas com Lacan, Corumbá, MS, rs) e agora vejo que era o comentário da estimada Maria Inês,. é a mídia virtual possibilitando estes encontros-surpresa. Agora, quanto à questão de 10 minutos para ler um texto, precisamos lutar contra isso, e tornar nossas práticas e leituras menos efêmeras. Abraços!

    Curtir

  8. Clarice Albuquerque

    Oi Lucas, fiquei muito feliz pelo vídeo, ficou muito legal. Sou mestranda em psicanálise e psicanalista em formação. Já acesso o seu blog a algum tempo. Gosto dos teus textos e aprendo muito com você. A minha dissertação é sobre as doenças psicossomáticas e estou sempre consultando o teu blog. Parabéns pela iniciativa.

    Curtir

  9. Lucas Nápoli

    Olá Clarice! Que bom que você gostou do vídeo! Teria muito prazer em ler sua dissertação, pois esse também é o meu tema de doutorado.

    Grande abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s