O que é Nome-do-Pai?

Olá! Tudo bem? Este conteúdo não se encontra mais disponível aqui, pois foi reunido no ebook “Psicanálise em Humanês: 16 conceitos psicanalíticos cruciais explicados de maneira fácil, clara e didática”.

O livro será lançado no dia 15/10 às 07h da manhã em meu perfil no Instagram: http://instagram.com/lucasnapolipsicanalista

Comprando no dia do lançamento você obterá um desconto IMPERDÍVEL!

Ah, e nos três dias anteriores ao lançamento (12, 13 e 14) eu ministrarei um minicurso gratuito de introdução à Psicanálise. Então, siga-me lá no Instagram e não perca!

Autor: Lucas Nápoli

Lucas Nápoli é psicólogo, psicanalista e professor. Possui os títulos de Doutor em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É autor do livro "A Doença como Manifestação da Vida".

45 comentários em “O que é Nome-do-Pai?”

  1. Lucas, excelente o seu artigo. A sua escrita do Nome do Pai é simples e direta permitindo aos leigos em geral entenderem os entrocados e fantásticos conceitos lacanianos, e o Nome do Pai certamente é um deles ao lado do objeto a . Embora estejamos num mundo “pós contemporâneo, “, a ordem fálica ainda é estruturante da “realidade” assim como as suas metáforas maternas e paternas. É o que se observa na clinica e na vida. e o que me parece que ainda causa muito desconforto às mulheres ( não sou machista).
    Eu te sugiro aqui, com sua capacidade de síntese e objetividade, escrever um artigo sobre os quatro discursos e ainda mais um sobre os registros RSI.
    Parabéns
    Carlos Ferreira
    Psicanalista em constante formação!

  2. Oi Carlos, meu amigo, que bom que você gostou do texto! Suas sugestões já estão anotadas! São temas complexos, mas espero poder abordá-los em breve aqui!

    Um forte abraço!

  3. Lucas, não imaginava que nada disso existisse e permeasse o meu dia a dia. Sempre tive grande dificuldade de entender o papel de Lacan.
    Obrigado por ser claro em suas explicações.

  4. Olá Luciano! Lacan é um autor com uma escrita excessivamente hermética. Daí a nossa dificuldade em entender suas ideias e conceitos.

    Muito obrigado pelo comentário. A pareça sempre!

    Um forte abraço!

  5. Olá Lucas! Sou psicólogo há 23 anos com especialização em Psicodrama Terapêutico. Há cerca de um ano resolvi mudar de abordagem optando pela psicanálise lacaniana. Estou gostando bastante mas confesso que tenho apanhado muito. E tive a grande felicidade de encontrar seu blog. Você é claro e extremamente didático. Parabéns!!!

  6. Olá Luis Fernando! Muito obrigado pelo feedback! Espero que meus textos lhe ajudem em seu percurso pela psicanálise de orientação lacaniana.
    Um forte abraço e continue acessando o site!

  7. Olá Analu! Fique à vontade. O conhecimento que compartilho aqui é para ser espalhado mesmo!

    Um forte abraço e continue acompanhando o blog!

  8. Lucas,
    Gostei do texto!!
    Na ultima linha do penúltimo parágrafo nao seria deseja no lugar de desejo?!

  9. Olá Claudia! É “deseja” mesmo e não “desejo”. Obrigado pelo comentário e pela pontuação! rs

    Forte abraço e apareça sempre!

  10. Lucas, você deu uma explicação simples e clara para uma estudante quase leiga em Lacan!! Ótimo texto! Muito esclarecedor! Me senti assistindo uma aula!

  11. Olá Carina! Fico realmente muito feliz em saber que o texto foi esclarecedor!

    Um grande abraço e apareça sempre!

  12. Lucas você é o cara!Parabéns…Gostaria que todos os textos de Lacan, Freud e muitos outros fossem nesse estilo que você adotou.rsrs

  13. Olá Marlene! É muito bom ler comentários como esse, pois me estimulam a continuar escrevendo!

    Apareça sempre!

    Grande abraço!

  14. Muito bom Lucas! Concordo, essa “última palavra” significa que é no limite do simbólico que o significado aparece para o sujeito, daí outro termo relacionado: castração.

  15. Adorei..estou no segundo ano de psicologia e foi de grande ajuda!Abraço!

  16. Que ótimo, Paulo Sergio! Muito obrigado pelo feedback! Leia outros textos da série “Glossário psicanalítico”. Forte abraço!

  17. vlw lucas, o texto eh bastante interessante, pq além de trazer teoria, vc n se deteve apenas a ela, vc trouxe alguns comentarios bem interessantes

  18. Muito obrigado, bianca! Apareça sempre por aqui!

    Um forte abraço!

  19. Muito bom o texto!!! E você consegue fazer Lacan ficar muito fácil….Há anos estudo Lacan e às vezes é difícil entender, mas, dessa maneira é muito bom…..

  20. Muito obrigado pelo comentário, Silvana!

    Apareça sempre por aqui!

    Grande abraço!

  21. lucas, poderia dar
    um exemplo clinico de como alguma desordem possa ser causada por relaçao direta do Nome-do-Pai? Obrigado!

  22. Olá Renan. Segue uma ilustração clínica:

    De acordo com a primeira parte do ensino de Lacan (anos 1950), a psicose seria resultante de uma forclusão do Nome-do-Pai, ou seja, o psicótico, diferentemente do neurótico, não poderia contar com esse elemento central que lhe permitiria ter acesso à realidade simbolicamente constituída. Nesse sentido, o psicótico ficaria refém da realidade caótica e sem lei do desejo materno.

    Grande abraço!

  23. Meu caro Lucas Napoli.
    Tenho 73 anos, já sou advogado e engenheiro de telecomunicações, mas caí na besteira de cursar Psicologia na Facid, aqui em Teresina -PI. Tudo ia muito bem até que chegou a vez de cursar a disciplina Psicanálie. Aí, danou-se tudo. Não estou entendendo nada. Nas muitas pesquisas que fiz pela internet, deparei-me com este seu artigo e percebi que se a literatura fosse tal como você escreve Psicanálise ser tornaria muito fácil de se aprender. Seu artigo deu-me um novo ânimo e espero que você escreva mais artigos com toda essa simplicidade. Um grande abraço e obrigado.

  24. Oi Lucas,
    Parabéns pela escrita elegante e clara!
    Agora na “terceira idade” tenho tentado entender Lacan. Já que sempre interessei-me por linguística, pensei que seria viável…ahhh, que tarefa difícil para um leigo!!. Suas “aulas” – e o são mesmo! têm sido decisivas pra eu não desistir.
    Muito obrigada.

  25. Olá! Muito bom saber que meus textos têm lhe ajudado! Grande abraço!

  26. oi lucas napoli boa noite achei seu texto fantastico parabens abriu mais novos horizontes para mim. bjs

  27. Caramba! Sou aluno de psicologia a professdora deu duas aulas e eu não entendi o assunto li seu texto e de primeira peguei. Parabéns pela linguagem e obg.

  28. Meus parabéns!
    Explicação clara e consistente sobre um tema que a meu ver é de difícil manejo.

    Naiara Travaglia Vitoy

  29. Obrigado. Me ajudou a entender melhor o “nome-do-pai. Sua forma de escrever é bem clara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s